União Europeia e Daniel 2

Umberto Moura

Os ventos proféticos voltaram a soprar novamente em direção aos últimos acontecimentos. A decisão de unir o velho continente, contrariando a antiga profecia de Daniel capítulo dois, parece ter mais uma vez chegado ao fim.

O Reino Unido, um dos países mais importantes, se não, o mais importante da Europa, declinou de continuar fazendo parte da União Europeia, e a profecia segue firme em direção ao seu cumprimento final.

E se o povo do Reino Unido tivesse escolhido permanecer? Estaria a União Europeia fortalecida e este entendimento profético comprometido? Não, de forma alguma! E a razão é simples: a verdade é que o ferro e o barro não se unem, mas também é verdade que eles estão juntos, lado a lado.